terça-feira, 29 de outubro de 2013

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

David Bowie - The Dreamers (tradução)

Corvos de olhos negros
Eles descem em espiral
Inclinam a cabeça para trás
Para a chama do pôr do sol
Levantam suas armas no alto
Enquanto o escuro cai
Esses são os dias, garotos.

Homem supérfluo
Homem supérfluo (homem supérfluo) e eles
Comem nas portas com a cabeça inclinada
E está sempre em declínio
Ninguém escuta mais
Assim, ele encolhe enquanto voam
Sob o céu vermelhão.

Lá vai ele (lá vai ele)
Apenas um caçador (lá vai ele)
Alma solitária (lá vai ele)
O último dos sonhadores (lá vai ele)

Homem supérfluo
Homem supérfluo
Conversa com as sombras
Move suas mãos trêmulas
E está sempre um pouco atrasado
Para o amanhecer do dia

Lá vai ele (lá vai ele)
Apenas um caçador (lá vai ele)
Alma solitária (lá vai ele)
O último dos sonhadores (lá vai ele)

(lá vai ele) Apenas um caçador
(lá vai ele) Alma solitária
(lá vai ele) O último dos sonhadores (lá vai ele)

(lá vai ele) Apenas um caçador
(lá vai ele) Alma solitária
(lá vai ele) O último dos sonhadores (lá vai ele)

(lá vai ele)
(lá vai ele)
(lá vai ele)

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Fernando Pessoa - Livro do Desassossego (frag 115)

Assim organizar a nossa vida que ela seja para os outros um mistério, que quem melhor nos conheça, apenas nos desconheça de mais perto que os outros. Eu assim talhei a minha vida, quase que sem pensar nisso, mas tanta arte instintiva pus em fazê-lo que para mim próprio me tornei uma não de todo clara e nítida individualidade minha.