quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

A donzela de Umbria

Oh linda donzela de Umbria!
Teu povoado é iluminado por teu semblante!
Os moços se encantam por tua beleza!
Teu cabelo cor da noite, brilha em estrelas;
Teus olhos de um azul profundo, qual oceano;
E tua pele é tão alva e sedosa, pálida e fresaca.

Oh linda donzela de Umbria!
A felicidade conheceste ao lado de teu amado,
Nos campos floridos, nas tardes e auroras,
Sempre juntos, contando seus medos e segredos,
Vivendo a natureza e o amor mais intenso,
Criando música com os suspiros ao vento.

Oh linda donzela de Umbria!
Espera teu amado, sentada em teu balanço.
Cercada por flores, borboletas, de primavera;
Cantando a vida, com tua voz singela,
E os sinos tocando, compodo harmonias,
Enquanto re-lês a carta, motivo de tua espera.

O verão chega com seu calor, mas logo passa.
O outono vem, enferrujando as árvores.
A linda donzela, aprecia suas cores e aromas,
As frutas maduras, e o tempo passando,
E ainda sim espera, ali no balanço,
Que teu amado retorne, em breve, da guerra.

O inverno impiedoso e gélido,
Mudou a sorte de muitos, e com o amado foi cruel,
Trazendo a morte para o homem mais fiel,
E sua linda donzela subiu para torre mais alta de Umbria,
Trancou-se lá, chorando sua perda, relendo a carta,
Que fora entregue pelo soldado, amigo seu.

E por seu amado, chorava noite e dia.
Rezando por sua alma, na guerra perdida.
Alimentava-se de nada, e já não dormia.
Querendo só a morte, sua vida era nada
A linda donzela tritemente definhava,
Até ouvir o canto de sua pessoa amada.

E sorrindo, a linda donzela de Umbria,
Partiu para os braços de seu amado.
Muitos que olharam para o alto, espantados,
Mais tarde, disseram que um anjo junto dela havia,
Enquanto seu frágil corpo caía para o nada
Manchando de sangue a terra fria.

J.A.Cabral 12.09

Um comentário:

††† Derlan ††† disse...

Realmente muito lindo, ta de parabens.
Daqui a pouco ja pode escrever um livro.

bejos

†Derlan†